Equipe multidisciplinar define novos rumos no tratamento do paciente de Cabeça e Pescoço

Dr. Marco a Kulcsar

Dr. Marco a Kulcsar

 

Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP) representa setor em encontro promovido pela Associação Brasileira de Boca e Garganta (ACBG) para mudanças no SUS.

 

por Mariana Veltri – colaboradora da SBCCP

Entre os dias 23/11 e 25/11 a cidade de Florianópolis (SC) foi palco do 2º encontro do Grupo de Trabalho de Câncer de Cabeça e Pescoço (GTCCP), que reuniu no Hotel Praia Brava 23 especialistas de 18 sociedades médicas e multidisciplinares e um representante do Ministério da Saúde (MS). O objetivo do encontro foi atualizar a Portaria nº 516, de 17 de junho de 2015, que aprova as Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas do Câncer de Cabeça e Pescoço (MS), estabelecidas em recomendações da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (CONITEC) do Sistema Único de Saúde (SUS).

Pela primeira vez, médicos cirurgiões de Cabeça e Pescoço junto com otorrinolarinlogistas, fonoaudiólogos, nutrólogos, radioterapeutas, oncologistas, odontologistas, entre outros profissionais, montaram um GTCCP para ajustes dessa diretriz, que deverá ser consolidada até abril de 2019 e levada ao Ministério da Saúde.

“O encontro teve sua importância por ter juntado um grupo multidisciplinar para o tratamento do paciente de cabeça e pescoço. Foram levantadas as falhas e a necessidade de uma atualização dessa lei, como a necessidade de um trabalho conjunto desses profissionais para o tratamento no SUS”, explica Dr. Marco Aurélio Kulcsar, membro da SBCCP, que esteve presente no encontro.

Melissa Ribeiro, presidente da ACBG, completa: “acreditamos que os pacientes de câncer de cabeça e pescoço merecem um atendimento à saúde digno, integral e humanizado, com atenção multidisciplinar e contínua.”

Acompanhe aqui a página oficial do 2º encontro GTCCP.

 

Dr. Marco a Kulcsar

Melissa Ribeiro

Dr. Marco A Kulcsar e Melissa Ribeiro

Dr. Marco e Equipe

Dr. Marco a Kulcsar

GTCCP Conitec